Ganhe Até 10mil reaisVeja Como Ele Consegue! Siga as dicas e consiga também...

Gaste Seu Dinheiro Com Sabedoria

0 Flares 0 Flares ×

Atualmente, o dinheiro é tido por algumas pessoas como sendo nota de ostentação, e não deve ser assim de maneira alguma; já pensou se você gasta mais dinheiro do que tem e depois se depara com várias dívidas, sem crédito em lugar nenhum e o pior de tudo, com o nome sujo, o que você faria? Pensaria numa maneira de melhorar tudo com economias? Ou iria permanecer parado vendo a situação piorar um pouco mais (porque quase tudo que está ruim, pode ficar pior e ir ficando cada vez mais grave); pois bem, pense numa maneira de ter seu dinheiro e mantê-lo com você por mais tempo até chegar o próximo.
Os métodos de gastos não são tão difíceis de se viver, uma vida de economia não é difícil, por mais que venham os impostos caros, há sempre maneiras de viver com o bolso saudável e ainda dá para tirar um dinheirinho, por mínimo que seja, e usá-lo para laser. Você por acaso odeia quando realmente precisa de dinheiro, e descobre a carteira vazia? Isto é realmente horrível, as vezes chega até a ser humilhante para com seu íntimo mesmo. Independentemente de você ter muito dinheiro em mãos ou quase nada, gastar com sabedoria é uma ótima ideia para começo de história.

Gaste Seu Dinheiro Com Sabedoria
Gastar com sabedoria, permite que você possa aproveitar ao máximo seu dinheiro; sendo assim, siga alguns ensinamentos que trazemos acerca de gastos sábios, ou seja, os gastos que você fará sem ver que estrapolou no final das contas, muito pelo contrário, que teve mais controle do que o normal; saber gastar com sabedoria é reduzir gastos em áreas vitais e adotar uma abordagem mais segura na hora de fazer suas compras, e que não é nada difícil. Veja como:

– Crie um orçamento: acompanhe seus gastos e lucros de maneira a adquirir uma noção precisa de sua situação financeira. Guarde recibos ou escreva seus gastos em uma caderneta. Analise suas contas mensalmente e adicione tais gastos ao orçamento. Organize suas compras por categorias (alimentação, vestuário, entretenimento, etc.). Categorias contendo os maiores gastos mensais (ou gastos que você considerar surpreendentemente altos) podem ser bons alvos para início de conversa. Quando houver acompanhado seus gastos por um tempo, crie um limite mensal (ou semanal) para cada categoria. Certifique-se de que o orçamento total seja menor que seus salários para determinado período, poupando dinheiro o bastante para deixá-lo guardado. Planeje suas compras antecipadamente. Fazer compras no calor do momento pode aumentar muito os seus gastos. Escreva suas necessidades e compre-as quando estiver calminho, em casa. Faça uma viagem preliminar antes de realmente sair para comprar. Anote os preços de diversas alternativas em uma loja ou mais. Volte para casa sem comprar coisa alguma e decida quais produtos levar em sua verdadeira saída para compras. Quanto mais focado você estiver e menos tempo desperdiçar na loja, mais dinheiro será poupado. Se você estiver motivado a tratar cada compra como uma decisão importante, acabará tomando decisões melhores. Não aceite amostras grátis ou experimente algo apenas para se divertir. Mesmo que você não tenha planejado comprar o item, a experiência pode convencê-lo a efetuar a compra em vez de considerá-la cuidadosamente em casa.

– Evite compras por impulso: se planejar as compras antecipadamente é uma boa ideia, comprar algo no calor do momento é uma péssima. Siga estas dicas para evitar fazer compras pelos motivos errados. Não analise vitrines ou lojas para se divertir. Se você for comprar algo por achar que o ato de fazer compras é divertido, acabará gastando demais com objetos desnecessários. Não tome decisões de compras quando não estiver necessariamente lúcido. Álcool, outras drogas ou insônia podem prejudicar sua habilidade de tomar decisões sensíveis. Até mesmo fazer compras enquanto sente fome ou escutando música alta pode ser uma má ideia se você não se ater às suas necessidades.

– Faça compras sozinho: crianças, amigos que amam fazer compras ou até mesmo um camarada cujos gostos você respeita pode influenciá-lo a gastar ainda mais dinheiro. Não aceite o conselho dos empregados das lojas. Se você precisa que alguém lhe responda a uma questão, escute educadamente a resposta, mas ignore qualquer conselho referente a compras. Se o funcionário não lhe deixar sozinho, saia da loja e volte mais tarde para tomar uma decisão.

– Pague em dinheiro e à vista: cartões de crédito e débito aumentam os gastos por dois motivos: você tem muito mais dinheiro disponível para gastar e não há nenhuma troca visível de valores. No seu cérebro, a compra com cartão não remete diretamente a um gasto “real”. Semelhantemente, ter carnês ou usar outro esquema para atrasar o pagamento interfere na sua capacidade de enxergar o quanto você está gastando. Não carregue consigo mais dinheiro que o necessário. Você não vai gastar dinheiro a mais se não possui-lo no bolso. Semelhantemente, recolha uma quantidade específica de dinheiro do banco semanalmente em vez de encher a carteira sempre que ela ficar vazia.

– Não seja enganado pelo marketing: influências externas são fatores que afetam enormemente nossa maneira de gastar o dinheiro. Permaneça vigilante e tente estar atento a todos os motivos pelos quais você é atraído pelo produto. Não compre algo com base numa propaganda. Seja na televisão ou na embalagem do produto, trate propagandas com ceticismo. O objetivo delas é encorajá-lo a gastar dinheiro, sem fornecer uma representação acurada de suas opções. Não compre um item por terem reduzido o preço dele.

 

Cupons e liquidações são ótimos para você comprar produtos que já estavam em sua mente: comprar algo desnecessário pela metade do preço não lhe ajuda a economizar. Esteja atento a trapaças nos preços. Traduza aquele “R$1,99” em “R$2”. Julgue o preço de um item por seus próprios métodos, e não por ele ser “mais barato” do que outra opção da mesma empresa. (Ao destacar o valor atroz da “pior oferta”, alguém pode enganá-lo e fazê-lo pagar por acessórios extras desnecessários).

– Espere por liquidações e descontos: se você sabe que precisará de um item específico, sendo que ele não é necessário neste exato momento, espere até que o preço de tal objeto diminua ou procure ganhar um cupom de desconto. Apenas use um cupom de desconto por um item absolutamente necessário ou que você tenha decidido adquirir antes do surgimento da oferta. A atração causada por um preço menor é uma maneira fácil de fazer com que o consumidor adquira algo que, para ele, é desnecessário. Compre produtos que são úteis apenas em determinadas estações do ano durante períodos diferenciados. Um casaco de inverno deve ficar bastante barato durante o verão.

– Pesquise: antes de fazer compras caras, consulte a internet ou leia críticas de consumidores para descobrir como conseguir mais por menos. Encontre o produto, dentro do seu orçamento, que dure mais e que cumpra melhor suas exigências.

– Leve todos os custos em consideração:  você acabará pagando muito mais do que o preço marcado quando levar vários itens grandiosos. Leia todas as linhas pequenas e some o valor total antes de tomar uma decisão. Não seja enganado por parcelas mensais menores. Calcule o total que você gastará (pagamentos mensais X número de meses até pagar o produto) para descobrir qual é a solução mais barata. Calcule seus juros caso precisar de um empréstimo.

– Dê a si alguns mimos baratos ocasionalmente: isso pode parecer paradoxal (isso não significa comprar algo desnecessário?), mas, de fato, fica mais fácil seguir os objetivos se você der a si mesmo uma recompensa ocasional. Tente ser direto ao gastar desnecessariamente e você eventualmente jogará muito dinheiro fora. Separe uma quantidade muito limitada de dinheiro para adquirir tais bobagens. O objetivo é dar a si mesmo uma pequena recompensa para manter o ânimo e evitar grandes gastos. Se seus métodos usuais para se recompensar são caros, encontre alternativas baratas. Tome um banho d espuma em casa em vez de frequentar um spá, ou alugue um filme em vez de ir ao cinema.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×